Etiquetas » Recortes

No jardim com tia Elza

*Por Talita Guimarães

Manhã de terça. É novembro em 2017. E minha mãe, à mesa do café, comenta que encontrou Tia Elza no supermercado no dia anterior. 482 palabras más

Opinião

Amor de canela

*Por Talita Guimarães

Eu devia ter uns 11 anos quando a ouvi pela última vez. Foi na mesma época em que a conheci. Fazia parte do repertório do coral infantil da escola em que eu estudava. 467 palabras más

Opinião

Do final feliz que não entrou na história

*Por Talita Guimarães

“Eu não sabia que essa história tinha um final feliz”, disse-me Filipe, após me ouvir contar casualmente o desfecho de uma memória de infância enquanto preparávamos pipoca e sanduíches na cozinha de sua casa. 584 palabras más

Talita Guimarães

Talhando a casca grossa

*Por Talita Guimarães

Foram 56 dias desde então. O 28º ano de vida não tem pegado leve. É quase como se tudo já fosse sobre os 30. 276 palabras más

Opinião

Quando eu era quem ainda sou

*Por Talita Guimarães

Menininha, cansei de tomar carreira de dono de jardim por catar florzinhas para levar de presente para minha mãe. Quando voltava da escola, tinha o hábito de vir juntando o que achava de bonito em pétala e flor pelas calçadas, canteiros e cercas. 170 palabras más

Talita Guimarães

Das coisas que não deixo de fazer só porque a patrulha da vida alheia não faria

*Por Talita Guimarães

A vida não deixa de ser vivida só porque há algo que eu ou você, pessoalmente, não faríamos. A vida, inclusive, vai seguir sendo vida depois que qualquer um de nós tiver partido. 535 palabras más

Opinião

De volta ao mar

*Por Talita Guimarães

“Eu não lembrava que era assim. Tipo uma luta.”

Cai a tarde em São Luís e lá estou eu, dentro d’água tomando caixote e enfrentando o vento frio que sopra da maré cheia, enquanto tento aproveitar o que restou das férias com um banho de mar. 554 palabras más

Opinião